Pastoral

  • Espiritualidade Salesiana

    Espiritualidade Juvenil Salesiana está alicerçada em viver a vida cotidiana no mistério de Deus. Jesus, o Bom Pastor nos revelou que Deus está no centro da nossa vida . Seu Espírito está agindo e modela em si as pessoas, os gestos, as situações. A trama de cada dia é o momento privilegiado, lugar do encontro com Deus na livre adesão à sua vontade. Torna-se homem e mulher “espiritual” aquele e aquela que sabem decidir-se a fim de fazer dessa presença, misteriosa e envolvente, o sentido global da própria vida, o ponto de referência de toda escolha, o fundamento da esperança. O segredo do êxito de Dom Bosco e de Madre Mazzarello como educadores é a sua intensa caridade pastoral , ou seja, aquela energia interior que une inseparavelmente o amor de Deus e o amor ao próximo, de modo a conseguir estabelecer uma síntese entre atividade evangelizadora e atividade educativa. A Espiritualidade Salesiana, expressão concreta desta caridade pastoral, constitui, portanto, o elemento fundamental da ação pastoral salesiana, é sua fonte de vitalidade evangélica, seu princípio de inspiração e de identidade, seu critério de orientação. A Espiritualidade Salesiana está fundamentada no Sistema Preventivo de Dom Bosco :  Razão Religião Amorevolezza  Núcleos fundamentais da espiritualidade salesiana:  Espiritualidade do Cotidiano  Espiritualidade da Alegria e do Otimismo  Espiritualidade da Amizade com o Senhor Jesus   Espiritualidade de Comunhão Eclesial    Espiritualidade Mariana    Espiritualidade do Serviço Responsável “Dom Bosco recomendou-nos sempre que tenhamos confiança em Maria Auxiliadora, e veremos o que são milagres. Não percamos esta fé nem a esperança que devem caracterizar-nos. Que Maria Auxiliadora continue a levar-nos pela mão como Mãe”, assim como ela fez com Joãozinho Bosco no sonho dos nove anos. Assim ela será sempre a nossa Auxiliadora! Saiba mais sobre a Espiritualidade Juvenil Salesiana

    Saiba mais
  • Dom Bosco

    Dom Bosco foi padre, educador e criador do Sistema Preventivo para educação. Dedicou toda sua vida à educação e à religião, além de se empenhar no desenvolvimento da imprensa católica. Aos nove anos, Joãozinho Bosco teve um sonho que ficou gravado na sua mente e no seu coração. Viu um grande pátio onde estavam reunidos vários garotos que não só se divertiam, mas também blasfemavam. Atirou-se no meio deles, procurando, à força, obrigá-los a se calarem. De repente, apareceu ao lado dele um homem majestoso, com o rosto cheio de luz que lhes disse: “Não com pancadas, mas com a mansidão e a caridade deverás conquistar estes teus amigos…”. Confuso e espantado, Joãozinho respondeu que não passava de um menino pobre, e perguntou como poderia educá-los. O misterioso personagem replicou: “Eu te darei a Mestra, sob cuja disciplina podes tornar-se sábio, e sem a qual toda sabedoria se torna insensatez”. O sonho se tornou realidade e inspira a missão de Dom Bosco e de todos aqueles que se deixam orientar pela sua espiritualidade e pelo seu método. Dom Bosco, também chamado de São João Bosco, foi aclamado pelo Papa João Paulo II como o Pai e Mestre da Juventude, nasceu em 16 de agosto de 1815 em uma comuna italiana chamada Colle dos Becchi, na região de Piemonte, Itália, perto da cidade de Castelnuovo de Asti. Hoje, a cidade se chama Castelnuovo Dom Bosco em homenagem a ele e conta com apenas 3.036 habitantes. Nossa Senhora Auxiliadora e Dom Bosco Filme de Dom Bosco   Pensamentos:  Do muito que disse e escreveu Dom Bosco, apresentamos sete frases do santo que podem ajudar a alcançar a felicidade. 1. “Alegria, Estudo, Piedade. Este é o grande programa. Se o seguir, poderá viver feliz e fazer muito bem à sua alma”. 2. “Se querem que nossa vida seja sempre alegre e tranquila procurem viver sempre na graça”. 3. “Querem estar sempre satisfeitos e risonhos? É a obediência a que nos leva a essa alegria”. 4. “Com a comunhão frequente os tornareis muito queridos por Deus e pelos homens, e Maria Santíssima os concederá a graça de receber os Santos Sacramentos ao fim da vida”. 5. “Ser bom não consiste em não cometer falhas, mas na vontade de corrigir-se”. 6. “Para trabalhar com sucesso, tenha caridade no coração e paciência na execução”. 7. “Faça o que pode, Deus fará o que não podemos fazer. Confie sempre em Jesus Sacramentado e em Nossa Senhora Auxiliadora e verá o que são milagres”.

    Saiba mais
  • Madre Mazzarello

    Foi em Mornese, norte da Itália, na região do Monferrato, que no dia 9 de maio de 1837, nasceu Maria Domingas Mazzarello , filha de José Mazzarello e de Maria Madalena Calcagno. Foi a primeira de dez filhos. Quase todos os dias, bem cedo, Maria percorria um íngreme caminho para participar da missa. No inverno, esse percurso ficava ainda mais difícil, devido ao frio e à neve. Em 1860, o tifo se abateu sobre o povoado de Mornese. A família dos tios de Main (como era carinhosamente chamada) foi uma das primeiras a contrair a doença. Maria foi ajudá-los, mesmo sabendo que poderia adoecer, o que realmente aconteceu. A partir daí, o rumo de sua vida mudou completamente. Não podendo mais trabalhar no campo, decidiu aprender a costurar, para ensinar as jovens da sua pequena cidade. Com Petronilla, sua amiga, montou uma sala de costura e começou a ensinar o ofício. Certa vez, ao caminhar pela colina de Bargo Alto, viu diante de si um alto edifício com muitas meninas correndo, brincando num grande pátio interno e ouviu nitidamente estas palavras: “Tome conta destas meninas! A ti as confio!” Em 1864, Dom Bosco chegou a Mornese com seus meninos. Todos queriam vê-lo e ouvi-lo. Maria também... Dom Bosco expôs ao Pe. Pestarino seu projeto: construir um colégio para os meninos. Antes de partir, ficou conhecendo as iniciativas de Maria Mazzarello e Petronilla: a oficina de costura, o orfanato e a recreação aos domingos para todas as crianças do povoado. Dom Bosco se empolgou com o trabalho delas e propôs a fundação de um instituto feminino que fizesse pelas meninas o que ele fazia em Turim para os meninos. No dia 5 de agosto de 1872, na Capela do Colégio, 11 jovens -entre elas Main- emitiram os votos religiosos e se consagram a Deus, constituindo as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), patrimônio vivo da gratidão de Dom Bosco à Maria Auxiliadora. Madre Mazzarello Assista o filme: Main, a casa da felicidade Dez ensinamentos de Madre Mazzarello “Estás alegre? Seja-o sempre. Une-te intimamente a Jesus, trabalha para agradar somente a Ele”. Madre Mazzarello ​ “No teu agir pensa sempre: isto me servirá para a eternidade?” Madre Mazzarello ​“...estuda também a linguagem da alma com Deus, Ele te ensinará a verdadeira ciência, a de fazer-te santa”. Madre Mazzarello ​ ​“É preciso recolhimento em nosso coração se quisermos ouvir a voz de Jesus”. Madre Mazzarello ​“Devemos corresponder generosamente ao chamado do Senhor e fazer-nos santas”. Madre Mazzarello ​“Coragem, coragem e sempre uma grande alegria; este é o sinal de um coração que ama tanto o Senhor”. Madre Mazzarello ​ “Estejam sempre alegres... e disputem no exercício da humildade e da caridade”. Madre Mazzarello ​ “Arme-se de coragem, Jesus deve ser toda a sua força. Com Jesus os pesos se tornam leves, os cansaços suaves, mas você deve vencer a si mesma...”. Madre Mazzarello ​​“Veja bem, é preciso estudar os temperamentos e saber compreendê-los, a fim de chegar a um bom resultado; é preciso inspirar confiança”. Madre Mazzarello “Confie em Jesus, coloque todos os seus problemas no Coração dele, deixe-o agir; Ele acertará tudo. Esteja sempre alegre, sempre animada”. Madre Mazzarello

    Saiba mais
  • Irmãs Salesianas

    As Salesianas são , na Igreja, uma família religiosa nascida do coração de Dom Bosco e da intuição e fidelidade criativa de Santa Maria Domingas Mazzarello. Em Turim a escolha de Dom Bosco de fundar uma instituição em favor das jovens resultou da solicitação de várias pessoas; da constatação do estado de abandono e pobreza em que muitas jovens se encontravam; do contato com vários Institutos femininos; da profundidade da sua devoção mariana; da confirmação do Papa Pio IX que o encorajou nessa direção e ainda por repetidos “sonhos” e fatos extraordinários que ele mesmo contou. As Salesianas chamam-se oficialmente “Filhas de Maria Auxiliadora” porque foi a Virgem quem revelou a Dom Bosco a vontade de Deus com relação a esta nova presença na Igreja e, exatamente por isso, o Santo repetia: “Vocês pertencem a uma congregação que é toda de Maria.” Atualmente estão presentes nos cinco continentes. São cerca de 13.500 FMA trabalhando em mais de 1400 comunidades espalhadas por 94 países dos cinco continentes. No Brasil estamos presentes em quase todos os Estados, num total de mais de 850 Irmas que atuam em 123 Obras. 148º Aniversario das FMA Filhas de Maria Auxiliadora Brasil Documentário Filhas de Maria Auxiliadora Memorial FILHAS DE MARIA AUXILIADORA no Brasil    

    Saiba mais
  • Equipe da Pastoral

    A Coordenação da Pastoral do INSA Araras é constituída pela coordenadora Ir. Metka A. Kastelic , coordenador do Conselho Local da AJS e os assessores dos grupos da AJS. Os objetivos da coordenação são: rezar e viver um momento de espiritualidade, formar-se e partilhar os conteúdos do campo de pastoral, planejar, preparar e avaliar as atividades pastorais do Colégio,  com os jovens e para os jovens viver os princípios do Oratório Salesiano.  A equipe trabalha e toma as decisões colegialmente com a Direção de Escola. Cada membro é convidado com antecipação a dar as suas contribuições e nos grupos exercer a missão com os Coordenadores no espírito da família. As atas das reuniões encontram-se no arquivo da Pastoral e a coordenadora as comunica regularmente com a Direção da Escola.

    Saiba mais
  • Articulação da Juventude Salesiana (AJS)

    QUEM SOMOS O Movimento Juvenil Salesiano, no Brasil, é traduzido por Articulação da Juventude Salesiana. “O movimento é uma proposta educativa dos jovens para os jovens, amadurecida no âmbito da Família Salesiana. Fazem parte do Movimento os jovens, as jovens e os adultos: consagra- dos, consagradas, leigos e leigas que se identificam no carisma salesiano” (cf. LOME, nº 124). A AJS é uma organização eclesial reconhecida pelo Pontifício Conselho para os Leigos desde 2004 e é independente juridicamente da Congregação Salesiana e das Filhas de Maria Auxiliadora. Tanto os Salesianos de Dom Bosco, assim como as irmãs Salesianas, devem apoiar, acompanhar e garantir a vivência da Espiritualidade Juvenil Salesiana, sendo seus guias espirituais. ELEMENTOS QUE CARACTERIZAM A AJS Segundo o Quadro Referencial da Pastoral Juvenil Salesiana (QRPJS), “são dois os elementos de identidade que caracterizam a AJS: de um lado, as referências à espiritualidade juvenil salesiana e à pedagogia salesiana; de outro, a ligação entre os grupos e as associações para cooperar reciprocamente no próprio esforço de formação segundo a proposta educativo- -pastoral salesiana” (p. 166). A ORGANIZAÇÃO DA AJS Conselho local: é formado por representantes dos grupos existentes em uma determinada obra ou presença salesiana. Sua função é animar e articular os grupos presentes naquele território. Conselho inspetorial: composto pelos coordenadores dos conselhos locais. Sua função é animar a AJS em nível inspetorial. Conselho nacional da AJS: composto pelos coordenadores dos conselhos inspetoriais; é formado por um representante de cada inspetoria. Comissão nacional da Pastoral Juvenil Salesiana: composta por um salesiano e uma irmã de cada inspetoria; é a comissão responsável pela assessoria do processo de animação da ajs em nível nacional, procurando estimular uma ação pastoral em rede” Assessor: é um adulto com experiência de grupo e vivência da Espiritualidade Salesiana. Não é membro de grupo, não está ligado a nenhum grupo, mas tem importância fundamental na vida dos grupos. Agenda de atividades: em âmbito inspetorial e local, é o instrumento organizativo de natureza executiva de compromissos pastorais com atividades e processos. Deve ser flexível, adaptado à realidade de cada grupo, conselho e contexto. Quando possível, seguindo a dinâmica da sensibilidade da pastoral juvenil em rede, promova-se atividades comuns entre FMA e SDB. O QUE SE QUER COM A AJS? 1. Evangelizar a juventude apresentando-lhe a pessoa Jesus Cristo, nosso Mestre, amigo, Senhor e Salvador. 2. Educar a juventude proporcionando-lhe um processo de crescimento humano. 3. Apresentar a figura de Dom Bosco e de Maria Mazzarello e os santos da Família Salesiana. 4. Estimular a experiência de itinerário de formação desenvolvido dentro do grupo. 5. Estimular nos jovens a capacidade de liderança e o protagonismo juvenil na Igreja e na sociedade 6. Favorecer o desabrochar das potencialidades pessoais, convicções e valores.

    Saiba mais
  • Grupos da AJS

    {include file='cms_template:Botoes Conteudo' pagina="grupos-ajs"} Convicções da Espir itualidade Juvenil Salesiana               a) Toda pessoa é criada para o bem b) Deus está presente em nossa história c) A vida é dom de Deus e tem valor insubstituível d) Criados para o amor, caminhamos para o Bem Supremo e) A educação se dá na relação  

    Saiba mais
  • Projetos Pastorais

     Semana Ajs Assistência salesiana Acampamento de voluntariado Madrugada Jovem Cantata Mariana Maio no INSA Semana Missionária  PréFEST | FEST Páscoa Jovem – Manaus Missão Meruri Educadores sem fronteiras Teatro solidário  Semana de Gratidão

    Saiba mais
  • Núcleo Animador

    Núcleo Animador É um grupo de pessoas que se identifica com a missão, com o sistema educativo e com a espiritualidade salesiana, e assume solidariamente a missão de convocar, motivar, envolver todos os que se interessam pela Comunidade Educativa-Pastoral.  Na comunidade educativa, o núcleo animador planeja de modo sistemático, itinerários e experiências objetivando criar condições para ajudar as/os jovens a encontrar Jesus Cristo como fonte de sentido à sua existência. Os membros sabem ler os desafios que vêm do mundo juvenil e pensar no caminho a ser proposto para o amadurecimento de sua fé. Estilo de vida: Centrado na Palavra de Deus e na Eucaristia Olhar de fé Otimismo Dom Bosco e Madre Mazzarello Maria Promove: A visão cristã da Vida; Uma educação integral; Projeta e avalia a qualidade do ambiente Educativo; Favorece a coordenação e a sinergia; Promove a cultura vocacional.

    Saiba mais
  • Atendimento Pessoal

    {include file='cms_template:Blocos Conteudo'}

    Saiba mais
Praça 8 de abril, 151, Centro, Araras/SP
(19) 3541-1232
secretaria@insararas.com.br

Horário de
Funcionamento

Escola:
das 7h às 18h30
Tesouraria:
das 7h30 às 16h30

1SAF Agendar Visita App Iscool Tour Virtual

INSA Araras - Educação Infantil, Fundamental e Ensino Médio

(19) 3541-1232
secretaria@insararas.com.br

Política de Privacidade

Versão 01 | Dez/2021

A Associação Educacional Irmãs Salesianas de São Paulo (AEISSP), CNPJ 63.019.772/0001-95, com sede na Rua Três Rios, 362, São Paulo, é uma instituição de natureza beneficente, filantrópica, educacional, confessional e salesiana. Na instituição salesiana, privacidade e segurança são prioridades e, para além das normas legais, esta política é construída e conduzida sob a inspiração dos princípios e valores humano-cristãos.

Esta Política de Privacidade se aplica a: associadas, empregados, estagiários, alunos, representantes, voluntários, potenciais alunos, fornecedores, parceiros, prestadores de serviço, utilizadores de suas plataformas digitais, quaisquer outros indivíduos identificáveis ou identificáveis interessados em suas atividades e serviços que interagem com o COLÉGIO; e informa seus direitos, conforme Art. 18 da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Abrange atividades de coleta de dados físico e digital, por meio de nossos vários canais, incluindo - mas não limitado a – plataformas digitais, serviço de atendimento, formulários em papel, relativos a todos os serviços educacionais do colégio e a este relacionados e que estão definidos no Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

A Política tem como propósito

  • explicar ao Titular os respectivos direitos em relação aos seus dados pessoais coletados e tratados por nós, e de que forma protegeremos a sua privacidade;
  • garantir que o Titular entenda quais dos seus dados pessoais coletamos, as razões pelas quais os coletamos e utilizamos, além de com quem os compartilhamos;
  • explicar como utilizamos os dados pessoais compartilhados pelo Titular.

Esperamos que a presente Política auxilie o Titular a compreender os nossos compromissos referentes à sua privacidade.

DEFINIÇÕES

Para os fins desta Política, as expressões abaixo terão o seguinte significado:

LGPD” refere-se à Lei Geral de Proteção de Dados (Lei no 13.709/2018);

Legítimo Interesse” refere-se à base legal de tratamento de Dados Pessoais prevista nos artigos VII, IX e X da LGPD, e tem como fundamento avaliar, em suma; a legitimidade e legalidade dos interesses do Colégio ou de terceiros para a realização de determinado tratamento de Dados Pessoais; a avaliação da efetiva necessidade do tratamento para a finalidade pretendida pelo Colégio; e o equilíbrio entre os interesses do Colégio ou de terceiros e os direitos do titular, incluindo suas expectativas legítimas em relação ao tratamento de seus Dados Pessoais;

Dado Pessoal” refere-se à informação relacionada à pessoa física identificada ou identificável, que correspondem aos dados pessoais dos Titulares;

Dado Pessoal Sensível” refere-se ao dado pessoal sobre origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à saúde ou à vida sexual, dado genético ou biométrico, quando vinculado a uma pessoa natural. Para fins da relação entre o Colégio e os Titulares, são os dados pessoais médicos dos Titulares;

Política” refere-se à presente política de privacidade que tem como intuito regular os direitos e deveres do Colégio no que tange à proteção de Dados Pessoais e Dados Pessoais Sensíveis.

Plataformas digitais ou Plataformas” refere-se a sites, aplicativos, redes sociais, sistemas e softwares de titularidade ou uso do Colégio;

Potenciais Educandos” refere-se aos indivíduos que não estão matriculados no Colégio, mas estão na fase de pré- matrícula ou de conhecimento dos Serviços prestados pelo Colégio;

Representantes” refere-se aos pais, representantes legais e financeiros dos Educandos ou Potenciais Educandos; “Serviços” refere-se aos serviços educacionais prestados pelo Colégio;

Titular de Dados” refere-se à pessoa natural a quem se referem os dados pessoais que são objeto de tratamento;

 

DIREITOS DOS TITULARES DE DADOS

A LGPD confere aos Titulares de Dados direitos relativos aos seus respectivos dados pessoais. Conforme previsto nos termos da legislação aplicável e salvo se limitados por ela, os direitos previstos aos indivíduos são os seguintes:

  • Direito de confirmação da existência de tratamento;
  • Direito de acesso aos dados;
  • Direito de correção de dados incompletos, inexatos ou desatualizados;
  • Direito à anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade com a LGPD;
  • Direito à portabilidade dos dados a outro fornecedor de serviço ou produto;
  • Direito à eliminação dos dados pessoais tratados com o consentimento do titular, exceto nas hipóteses de guarda legal e outras dispostas na LGPD;
  • Direito à informação das entidades públicas e privadas com as quais o Colégio realizou uso compartilhado de dados;
  • Direito à informação sobre a possibilidade de não fornecer o consentimento e sobre as consequências da negativa;
  • Direito à revogação do consentimento, nos termos da LGPD.

Sobre dados pessoais de crianças e adolescentes

O COLÉGIO solicita, coleta, processa, armazena ou compartilha, conscientemente dados pessoais de crianças e adolescentes diretamente dos seus pais ou responsáveis legais, e com anuência explícita, e de acordo com as regras e legislações vigentes e de acordo com os nossos interesses legítimos, sendo observada, além da Lei Geral de Proteção de Dados, o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Para quais fins são utilizados seus dados

a) Cumprir as obrigações contratuais;
b) Cumprir as obrigações previstas na legislação aplicável;
c) Conhecer melhor nossos titulares e personalizar as iniciativas pedagógicas, promocionais e publicitárias, caso eles concordem em recebê-las;
d) Para manter a qualidade dos produtos e serviços oferecidos;
e) Para fins adicionais não relacionados com a gestão da sua relação contratual, desde que nos forneça novo consentimento;
f) Para uso no legítimo interesse da instituição, conforme contrato de prestação de serviços, nos limites da lei.

 

FORMA DE COLETA DOS DADOS PESSOAIS

Fornecidos diretamente pelo Representante.

a) quando realiza o cadastro físico na Secretaria do Colégio, por telefone ou pelo site do Colégio, demonstrando o interesse na contratação dos Serviços;
b) quando faz a matrícula do Educando no Colégio, ou preenche os documentos relativos à matrícula;
c) quando acessa as Plataformas Digitais;
d) quando atualiza o cadastro do Educando, preenche formulários ou fornece informações pelas Plataformas Digitais;
e) pelos titulares no dia a dia da prestação dos Serviços, contatos, relatórios, avaliações e outras atividades do Colégio.

Coletados diretamente do Educando

a) ao longo da prestação dos Serviços Educacionais, por meio de avaliações, provas, simulados, anotações de sala de aula, observação e avaliação comportamental, entrevistas e reuniões com o corpo docente e coordenação do Colégio, e todo e qualquer outro meio usual para a prestação de serviços desse gênero;
b) por meio de fichas, formulários, questionários, fichas de inscrição, listas de presenças e outros documentos usuais para a prestação de serviços educacionais e serviços associados ou acessórios.

Fornecidos para acessar as dependências do Colégio

Coletamos dados pessoais de toda e qualquer pessoa que acesse ou busque acessar o espaço privativo do Colégio, por meio de cadastro temporário ou permanente, seja na portaria e/ou na Secretaria do Colégio, em vista da segurança da Comunidade Educativa.

Coletados pelas Plataformas Digitais

É possível a coleta automática pelas Plataformas de algumas informações técnicas, incluindo, mas não limitadas a: aplicativo, IP de conexão (com data e hora de acesso), localização geográfica aproximada, informações sobre o uso das Plataformas Digitais, duração da visita e páginas visitadas, software e navegador utilizados para acessar as Plataformas Digitais, sistema operacional e sua versão do dispositivo utilizado, entre outros.

Coletados sobre o dispositivo de acesso

É possível a coleta automática pelo dispositivo de acesso com os seguintes dados: modelo, fabricante, sistema operacional, operadores de telefonia, software, navegador e velocidade da conexão.

Fornecidos por terceiros

Em virtude da prestação dos Serviços, também coletamos dados pessoais dos Titulares por meio de terceiros autorizados pelos Responsáveis, como por exemplo: especialistas, médicos, terapeutas, fonoaudiólogos e outros profissionais de saúde ou de assistência ao desenvolvimento do Titular de caráter particular que sejam autorizados e se disponham a compartilhar tais dados pessoais com o Colégio.

Ainda, podemos receber recordações fotográficas dos Titulares durante o exercício do ano letivo diretamente de empresas parceiras.

Uso de cookies

O COLÉGIO usa os seguintes tipos de Cookies em suas plataformas digitais:

  • Cookies de sessão: é um cookie específico do servidor que não pode ser transmitido a nenhuma máquina diferente da que gerou o cookie. O cookie de sessão permite que o navegador se reidentifique para o servidor único e exclusivo no qual o cliente tinha anteriormente se autenticado.
  • Cookies persistentes: são utilizados para lembrar suas preferências do website e permanecem no seu desktop ou dispositivo móvel mesmo depois de você fechar o seu navegador ou efetuar uma reinicialização.
  • Cookies necessários: são aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras
  • Cookies de terceiros: são utilizados em alguns casos os cookies de terceiros confiáveis. As nossas Plataformas Digitais utilizam o Google Analytics, uma das soluções de análise mais conhecida da Web, para nos ajudar a compreender o como você usa o site. Esses cookies podem rastrear os seguintes itens: tempo de navegação no site, páginas visitadas, e outros, para que possamos melhorar sua experiência de acesso. Utilizamos, também, o Google Adsense para veicular publicidade por meio do Cookie DoubleClick exibindo os anúncios mais relevantes em toda a Web e limitando o número de vezes que o anúncio é veiculado.
    Para maiores informações sobre o Google Analytics e o Google Adsense, consulte as FAQs oficiais sobre privacidade.

Com quem o colégio compartilhará os dados pessoais

  • Autoridades judiciais, administrativas ou governamentais competentes, sempre que houver determinação legal; • Quando necessário para as atividades comerciais e aos serviços prestados pelo Colégio;
  • Empresas parceiras para fins publicitários e estatísticos;
  • De forma automática, entre mantenedora e mantidas.

Retenção, término e descarte de dados pessoais

Os dados coletados permanecerão armazenados de forma segura e, inclusive, anonimizados, se necessário, e sempre se observando a especificidade de serviço prestado.
Para a manutenção desses dados se observará não apenas as regras de coleta previstas pela Lei 13.709/2018 – Lei Geral de Proteção de Dados, mas também as leis e normas que lhe exigem ou lhe permitem a conservação e guarda por um tempo maior, ou mínimo, de determinados dados, independente do consentimento ou vontade do titular. É possível que os prazos mencionados acima sejam alterados por mudanças nas respectivas leis, normas, regulamentos e afins, o que não implicará necessariamente a atualização imediata desta Política de Privacidade, caso a forma de tratamento de dados não seja impactada por essas alterações.

Portanto, as bases legais eventualmente existentes e vigentes que permitam ao Colégio realizar o tratamento de determinados dados pessoais, mesmo sem o consentimento do seu titular, sobrepõe-se a sua menção ou não neste documento.

Os dados coletados que não são mais necessários ou cujo prazo de guarda tenha expirado são destruídos por incineração ou qualquer outro meio adequado e seguro, em periodicidade legal ou anual pelas equipes gestoras do Colégio.

Segurança de Dados Pessoais

Estabelecemos medidas de segurança apropriadas para impedir que seus Dados Pessoais sejam acidentalmente ou ilicitamente acessados, perdidos, alterados, utilizados ou divulgados de maneira não autorizada. Elaboramos normas e procedimentos operacionais complementares para lidar com qualquer suspeita ou ocorrência de violação de Dados Pessoais e adotaremos as medidas estabelecidas internamente ou na lei caso esta ocorra.

O COLÉGIO exige que todos seus colaboradores e prestadores de serviço observem e sigam as normas internas, tais como: Código de Ética e Conduta contendo o regulamento interno e Política de Proteção à Infância e Adolescência que são procedimentos e orientações estabelecidas para o cumprimento da presente Política de Privacidade.

Seguimos princípios e diretivas de Segurança da Informação, como:

a) Em relação ao Titular: seus dados pessoais serão processados por nossos colaboradores, desde que estes precisem ter acesso a tais informações, dependendo dos propósitos específicos para os quais seus dados pessoais tenham sido coletados.
b) Em relação aos processos: revisar periodicamente, avaliar o desempenho, melhoria contínua, entre outros.
c) Em relação aos meios tecnológicos: aplicar mecanismos de autenticação, criptografia, sistemas de monitoramento, sistemas de detecção e prevenção de intrusão, soluções anti-malware, redundância de serviços, cópias de segurança, assinatura digital (rastreabilidade), segregação de redes de telecomunicação, entre outros meios.

Toda e qualquer solicitação, pedido de informação ou exercício de direitos do Titular de Dados poderá ser enviada para o e-mail: contato.lgpd@salesianas.com.br, aos cuidados do Encarregado de Dados (DPO). O Titular de Dados deverá informar:

a) Nome completo do Titular de Dados;
b) Número de RG ou CPF do Titular de Dados;
c) Descrição da solicitação.

Eventualmente, outras informações ou documentos podem ser solicitados para o atendimento da requisição, caso haja dúvida sobre a veracidade das informações prestadas ou sobre a identidade do Usuário.

É de nossa responsabilidade, após o recebimento de sua comunicação, validar, investigar e responder, dentro de prazo razoável, qualquer solicitação sobre a forma como tratamos seus dados pessoais.

Esta Política de Privacidade pode passar por atualizações sempre que necessário em vista de melhorias, maior segurança ou adequações.
A Associação se compromete a responder às suas solicitações ou esclarecimento de dúvidas que não estejam nesta Política de Privacidade.